Viradouro anuncia a volta de Dominguinhos do Estácio

Viradouro anuncia a volta de Dominguinhos do Estácio
Foto: Divulgação.

Um dos maiores nomes da história do Carnaval carioca está de volta. A Unidos da Viradouro anunciou que Dominguinhos do Estácio, que, além de intérprete, é poeta, participará da disputa de samba-enredo da escola para 2020. Aos 77 anos, ele irá compor uma obra para o concurso da vermelho e branco, que terá como tema Viradouro de alma lavada.

Títulos

Dominguinhos do Estácio foi intérprete oficial da Unidos do Viradouro entre 1997 e 2007. Em seu ano de estreia na vermelho e branco, o artista foi também um dos autores do hino do único título da escola. Junto com Mocotó, Flavinho Machado e Heraldo Faria produziu Trevas! Luz! A explosão do universo.

Com o microfone de outras escolas, Dominguinhos do Estácio brilhou sobretudo na Estácio de Sá e na Imperatriz Leopoldinense, agremiações em que imortalizou sambas que as levaram a títulos de campeã do Grupo Especial, como Pauliceia desvairada , 70 anos de modernismo no Brasil, pela vermelho e branco, e Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós, O teu cabelo não nega e O que é que a Bahia tem, que compôs com Darci Nascimento, pela escola de Ramos. Ele ainda trabalhou, no Rio de Janeiro, na Acadêmicos do Grande Rio, na Acadêmicos de Santa Cruz e na Inocentes de Belford Roxo.

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*