Unidos de Padre Miguel altera letra do samba-enredo

Unidos de Padre Miguel altera letra do samba-enredo
Foto: Divulgação.

A Unidos de Padre Miguel decidiu na quarta-feira, 11 de setembro, modificar a letra do samba-enredo que levará para a Sapucaí no Carnaval 2020. A direção da vermelho e branco se reuniu com o carnavalesco, Fábio Ricardo, com os compositores da obra, com o intérprete, Diego Nicolau, com o diretor Geral de Harmonia, Alessandro Cobra, e com o Mestre de Bateria, Dinho, e definiram as alterações.

O diretor de Carnaval, Cícero Costa, explicou o motivo dos ajustes. “Fizemos apenas três pequenas alterações. Duas para adequação do samba dentro da proposta do nosso enredo e uma onde detectamos a repetição da palavra ‘foi'”.

No Carnaval 2020, a Unidos de Padre Miguel apresentará no próximo ano o enredo Ginga, desenvolvido pelo carnavalesco Fábio Ricardo, contando a trajetória histórico-cultural da capoeira e mostrando desde sua origem até o reconhecimento como uma das mais importantes manifestação de cultura afro-brasileira. A vermelho e branco será a sexta agremiação a desfilar no sábado da folia, na Sapucaí, pela Série A.

Versão final da letra do samba-enredo

(Mudanças grifadas)

Autores – Samir Trindade, Jr Beija-Flor, Ribeirinho, Guto Biral, Davi Show, Ricardo da Gráfica, Dilson Marimba, Rômulo Presidente.

Nego, malandragem de Angola

Fujão de senzala, moleque meu irmão

Eu vi um nego, guerreiro ancestral

Na Dança do ritual

Pra fazer evolução

Pé descalço no céu, berimbau na mão

 

Okô ôô era senhor

Chora o capoeira

Sonhava um tempo de paz

Cordel na beira do cais

Deu meia lua e não foi de brincadeira

Rabo de arraia levantou poeira

Paranauê, Paranauê,Paraná

 

Jogo de dentro, São Bento, filosofia

Salve Santa Maria,

Maculelê, Camará

 

E lá vai o Capoeira (zum, zum, zum, zum)

Feito brisa a liberdade (na rasteira mata um)

Era mestre na Bahia

Foi aluno em Palmares

E quando vejo o povo da Vila Vintém

Que na briga não teme ninguém

Lembro o Capoeira

O nosso herói se fez Besouro e bamba

É filho desse quilombo

Resiste aprendendo a amar o samba

 

Girou, gira, jogador

Abre a roda pra cultura brasileira

Gingou, ginga, vencedor

É a Unidos de Padre Miguel capoeira

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*