Rodrigo Tinoco: Revelação passa a integrar o carro de som da Paraíso do Tuiuti

Rodrigo Tinoco Revelação passa a integrar o carro de som da Paraíso do Tuiuti
Reprodução.

A poucos dias para o Carnaval 2020, a Paraíso do Tuiuti fez uma importante contratação para o carro de som. O reforço é Rodrigo Tinoco, jovem revelação entre os intérpretes cariocas e que foi convidado para a escola de São Cristóvão por Nino do Milênio, um dos cantores oficiais da azul e amarelo.

Os dois se conheceram na última disputa de samba da Portela. Rodrigo Tinoco é um dos autores de uma das obras que participaram do concurso. Eles estiveram juntos no palco da azul e branco defendendo a composição e o talento da revelação chamou a atenção do intérprete da Tuiuti.

Rodrigo Tinoco tem 22 anos e há três integra o carro de som da Acadêmicos de Santa Cruz. Ele, porém, tem uma longa estrada nas escolas mirins. Aos 15, se tornou intérprete da Ainda Existe Criança de Vila Kennedy e passou por Nova Geração do Estácio e Filhos da Águia. Para 2020, também compôs o grupo de cantores que ajudaram Wantuir para o samba campeão no concurso da Mocidade Independente de Padre Miguel e Bruno Ribas, na disputa da Unidos de Vila Maria, em São Paulo.

Sambas

A revelação carioca cantará obras bastante elogiadas pela crítica especializada. Rodrigo Tinoco concorda com as avaliações. “O samba da Acadêmicos de Santa Cruz de 2019 é ótimo. O de 2020 está muito comentado, mas falta a Avenida. O da Paraíso do Tuiuti também.”

Antes de participar de carros de som, Rodrigo Tinoco já desfilava, tendo sido ritmista da Filhos da Águia e componente da ala das crianças da Portela. No entanto, a paixão por cantar é maior. “Não recusarei convites para compor, mas penso em focar na minha carreira como intérprete.”

Referências

O novo cantor da Paraíso do Tuiuti, quando questionado sobre referências na função, não hesitou: “Dominguinhos do Estácio”. “Gosto demais da alegria e da irreverência com que ele canta.”

Os bons exemplos de Rodrigo Tinoco vieram depois do aprendizado, que, como para muitos outros sambistas, se deu em casa. “Meu pai (Sérgio) me ensinou a tocar banjo. Ele era da Banda Marcial da Marinha e foi ritmista da Portela. Meu avô (Pedro Paulo) era baterista e foi mestre em algumas bandas.” A família de sambistas conta ainda com Felipe Tinoco, que está no carro de som da Portela.

Paralelo ao Carnaval, Rodrigo Tinoco mostra seu talento nos palcos. O cantor integrava a banda Batukada dú Nosso Bloco e atualmente faz carreira solo. Ele interpreta músicas autorais e nomes consagrados do samba, como Cartola, Jorge Aragão e Luiz Carlos da Vila. Sua agenda de shows está aberta pelo telefone (21) 99597-5482.

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*