Reinaldo, o Príncipe do Pagode, morre aos 65 anos

Reinaldo, o Príncipe do Pagode, morre aos 65 anos
Reinaldo, em sua última apresentação, na Portela. Foto: Amanda Alves / Divulgação.

A cultura brasileira amanheceu mais triste nesta segunda-feira, 18 de novembro. Reinaldo, o Príncipe do Pagoge, faleceu de madrugada, aos 65 anos, vítima de um câncer no pulmão contra o qual lutava há quatro anos. Mesmo doente, cumpria sua agenda de shows e teve uma parada cardiorespiratória, sendo levado ao hospital, em São Paulo, mas não resistiu.

Pelas redes sociais, muitos sambistas homenagearam Reinaldo. As escolas de samba, onde constantemente se apresentava, também lembraram o cantor, entre estas a Acadêmicos do Salgueiro, a União da Ilha do Governador, a Em Cima da Hora, que frequentou na juventude, e a Portela, onde fez seu último espetáculo, na sexta-feira, 15 de novembro.

Carreira

Nascido Reinado Gonçalves Zacarias, no dia 9 de novembro de 1954. Viveu sua infância em Cavalcanti. Mudou-se para São Paulo, em 1982, após deixar o emprego de bancário e passar a se dedicar ao samba. Também nos anos 1980, ganhou o apelido de O Príncipe do Pagode, cunhado por uma rádio do Rio de Janeiro. Entre seus grandes sucesso está Retrato cantado de um amor, que o tornou conhecido por todo o país.

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*