Regina Celi é expulsa do quadro social do Salgueiro

Regina Celi comandará o Salgueiro por mais três anos
Foto: Cris Gomes.

A Acadêmicos do Salgueiro divulgou na tarde desta terça-feira, 5 de novembro, uma nota oficial informando a exclusão de Regina Celi dos Santos Fernandes do quadro de associados e beneméritos da agremiação. A decisão foi tomada em reunião do Conselho Deliberativo da vermelho e branco na noite de segunda-feira, 4 de novembro.

Regina Celi Fernandes comandou o Salgueiro entre 2009 e dezembro de 2018. Ela deixou o cargo após uma intensa disputa judicial sobre a validade da chapa com que disputou à presidência da escola no ano passado.

Nota oficial

O GRES Acadêmicos do Salgueiro vem a público informar que, em Reunião realizada na noite desta segunda-feira, dia 04 de novembro, o Conselho Deliberativo, por decisão unânime dos seus membros presentes, deliberou pela exclusão da Sra. Regina Celi Fernandes dos Santos do quadro de associados e beneméritos desta Agremiação. A decisão foi tomada após a apresentação de relatório da Comissão de Sindicância, instalada pelo Conselho Deliberativo, para apuração de condutas e atos contrários aos interesses do Salgueiro e em afronta ao Estatuto da Agremiação. Dentre as diversas condutas apuradas pela Comissão, que levaram à exclusão, pesaram contra a ex-presidente da diretoria executiva: 1) a assinatura de documentos em nome da Agremiação, dois meses após ter deixado o cargo de Presidente, em tentativa de obter benefício próprio; 2) a obtenção de empréstimos bancários, em montantes expressivos, sem a aprovação prévia do Conselho Deliberativo, como exige o Estatuto; 3) inúmeras irregularidades financeiras, levantadas por empresa de auditoria independente, que apontaram prejuízos e dívidas da ordem de milhões de reais para a Agremiação; dentre outras irregularidades e inobservâncias às regras estatutárias do Salgueiro. Importante dizer, ainda, que a Comissão de Sindicância e o Conselho Deliberativo concederam à Sra. Regina Celi, antes da tomada da decisão de exclusão, prazos para esclarecimentos e amplo exercício do direito de defesa e do contraditório, mas a ex-Presidente não apresentou esclarecimentos, defesa escrita ou oral, permanecendo silente diante da apuração dos fatos a ela imputados.

Desfile

No Carnaval 2020, o Salgueiro homenageará Benjamin de Oliveira, o primeiro palhaço negro do Brasil. A escola apresentará o enredo O rei negro do picadeiro, desenvolvido pelo carnavalesco Alex de Souza, e será a terceira agremiação a se apresentar, na Sapucaí, na segunda-feira, pelo Grupo Especial.

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*