Portela chora as mortes de dois grandes compositores

Portela chora a morte de dois grandes compositores
Jorge Macedo e J. Rodrigues. Fotos: Divulgação.

A Portela está chorando a morte de dois grandes compositores de sua história. Faleceu na quinta-feira, 21 de maio, de infarto, aos 94 anos, J. Rodrigues, autor de Incrível, fantástico, extraordinário, de 1979. Outro poeta da azul e branco, Jorge Macedo, foi vítima fatal da Covid-19 no domingo, 17 de maio, aos 71 anos.

Jorge Rodrigues era apaixonado pela Portela e pelo América. Ele assinou como testemunha a escritura do terreno comprado para a construção do Portelão, na então Rua Arruda Câmara (atual Clara Nunes), e participou ativamente das disputas de samba-enredo na escola nos anos 1970, 1980 e 1990, com Tião Nascimento e David Corrêa, falecido no dia 10 de maio último, venceu com Incrível, fantástico, extraordinário.

Parceria

Jorge Macedo foi o maior parceiro de David Corrêa. Juntos compuseram os sambas-enredo da Portela em 1980, 1981 e 1982, o da Acadêmicos do Salgueiro em 1984 e os da Unidos de Vila Isabel em 1985 e 1986. Ele também tem obras gravadas por grandes cantores como Roberto Ribeiro (De palmares ao tamborim e Coisas da vida), Almir Guineto (Terreirão) e Arlindo Cruz (Lição de malandragem), entre outros nomes. Formado em Direito, fez carreira como criminalista. Outra grande paixão, além da Portela, foi o jiu-jítsu.

O corpo de Jorge Macedo foi cremado no Cemitério do Caju. Dias depois, a família jogou as cinzas no mar, atendendo a um desejo do sambista. Já Jorge Rodrigues será enterrado nesta sexta-feira, 22 de maio, às 14h45, no Cemitério Municipal de Nova Iguaçu.

O presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães, o vice-presidente Fábio Pavão e toda a diretoria da escola lamentaram o falecimento de Jorge Macedo e de Jorge Rodrigues e se solidarizaram com os familiares e amigos.

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*