Morre Juan Espanhol, cantor e compositor ícone do Arranco

Um grande nome do Carnaval e um dos maiores da história do Arranco do Engenho de Dentro faleceu na manhã desta segunda-feira, 25 de fevereiro. O compositor e intérprete Juan Espanhol marcou a agremiação da Zona Norte, sendo autor de 18 sambas-enredos. Ele venceu o concurso da Portela para o desfile de 1990.

Sempre ao lado do parceiro de composições e microfone, Sylvio Paulo, Juan Espanhol marcou época e seu grito de guerra jamais será esquecido: “Na ilusão desta Avenida, o Arranco é todo amor”. Nas redes sociais, as homenagens foram muitas. Ele foi lembrado pelos amigos por sua competência e cordialidade.

Sepultamento

Larissa Alvarez, filha de Juan Espanhol, informou que o sepultamento do compositor será na terça-feira, 26 de fevereiro, às 11h, no cemitério Jardim da Saudade de Mesquita. O velório começa às 8h.

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*