Inocentes terá intérprete de Libras para levar samba aos deficientes auditivos

Inocentes terá intérprete de Libras para levar samba aos deficientes auditivos
A professora Tereza Cristina interpretará o samba-enredo da Inocentes de Belford Roxo para os deficientes auditivos. Foto: Divulgação.

A Inocentes de Belford Roxo inovará na Sapucaí no desfile deste ano. A agremiação contará com uma especialista em Libras, a linguagem brasileira de sinais, para interpretar o samba-enredo para quem não ouve. A professora Tereza Cristina, de 35 anos, será a responsável pela novidade e virá a frente dos ritmistas do Mestre Washington Paz.

A profissional lembra que o Carnaval tem seu lado inclusivo. “Não poderia ficar de fora de um trabalho pioneiro, além de ser um tema que me fascina e uma razão ainda maior do que a própria festa, que é a inclusão social.” Ela comandará oito mulheres, que darão vozes a emoção de um desfile de uma escola de samba para o público com deficiência auditiva.

Exemplo

Tereza Cristina afirma que o exemplo do Carnaval deveria ser seguido. “Fazer parte deste espetáculo é maravilhoso e vai ser um desafio levar a mesma emoção ao público surdo. Essa é a igualdade que deveria ter em todos os lugares. Os deficientes auditivos sendo representados na maior festa popular do mundo.”

No mercado de intérprete de Libras há dez anos, a professora e advogada teve o primeiro contato com a ‘linguagem dos sinais’ em outro momento. “Foi ainda na época da faculdade de Direito. Ali eu dei meus primeiros passos nos trabalhos de tradução, juntamente com o de professora. E nos últimos anos tenho percebido que a procura pelo curso de Libras tem ganho mais adeptos.”

Reta final

Faltando um mês para o desfile, a professora e a equipe tem ensaiado semanalmente para ajustar todos os detalhes para o dia do desfile. O encontro da intérprete com a bateria acontecerá na sexta-feira, 31 de janeiro, no Setor 11 da Sapucaí.

A Inocentes de Belford Roxo será a segunda escola a se apresentar no sábado de Carnaval, em 2020, pela Série A. A tricolor levará para a Sapucaí o enredo Marta do Brasil, chorar no começo para sorrir no fim, do carnavalesco Jorge Caribé, em homenagem à jogadora Marta.

Samba-enredo

Autores – Cláudio Russo, André Diniz e Altamiro.
Intérpretes – Pixulé e Tem-Tem Jr.

Rainha sim
No talento, na luta e na vocação
Há tantas mulheres por aí assim
Crias da favela, filhas do sertão

E lá vem a menina
Driblando a seca, em meio a poeira
Ganhando o mundo (bis)
Vencendo a sina
Lembrando de tudo pra ser verdadeira

Em Dois Riachos ficou a saudade
À beira do rio se aventurou (bis)
Fintou a tristeza com habilidade
Com ar de nobreza de cara pro gol

Da neve o lume da estrela
À dignidade de uma heroína
O maior exemplo de dona Teresa
Traduz sentimento em cada retina
Empoderamento, coisa de alma feminina
Eu sei que o preconceito vem de todo lado
Aquelas que usam batom no gramado
Carregam a pátria além da chuteira
Também sei
Que a sua luta é a nossa bandeira
Em cada segundo mostrando pro mundo
A força que tem a mulher brasileira

É a Marta, é a deusa
A defesa aos seus pés (bis)
É bola de ouro, é gente da gente
O brilho inocente da camisa 10

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*