Cessão do Sambódromo para o estado é adiada

Qual escola do Grupo B você deseja ver desfilar na Sapucaí em 2019
Foto: Raphael David / Riotur.

A cessão do Sambódromo ao Governo do Estado do Rio de Janeiro está adiada. A Prefeitura do Rio de Janeiro informou, por meio de nota de esclarecimento, que a medida aconteceu após orientação da Procuradoria Geral do Município e a pedido de alguns vereadores. O Executivo municipal, porém, destacou que o clima de parceria está mantido para que o convênio seja assinado.

A cerimônia de cessão do Sambódromo aconteceria na sexta-feira, 8 de novembro. No acordo, o Governo do Estado repassaria à Prefeitura os R$ 8,1 milhões que serão investidos em obras na Passarela do Samba. O acordo também envolve a municipalização dos hospitais Albert Schweitzer e Rocha Faria.

Nota de esclarecimento

A Prefeitura do Rio de Janeiro informa que, por orientação da Procuradoria-Geral do Município (PGM) e a pedido de alguns vereadores, vai adiar a cessão do Sambódromo ao Governo do Estado.

Mas a Prefeitura ressalta que considera mantido o clima de parceria com o estado e espera que, como acertado previamente, o governador Wilson Witzel possa assinar o convênio e liberar os recursos para o custeio dos dois hospitais municipalizados, Albert Schweitzer, em Realengo, e Rocha Faria, em Campo Grande.

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*