Carnavalesco da Vila Isabel pergunta: Qual enredo você quer ver em 2020?

Vila Isabel acerta com carnavalesco e está sem intérprete e mestre de bateria

Qual tipo de enredo você gostaria de ver na Unidos de Vila Isabel em 2020? A pergunta é do carnavalesco Edson Pereira. Ele usou o Instagram nesta sexta-feira, 22 de março, para saber a opinião de seus seguidores sobre o tema que a escola deve levar para a Sapucaí no próximo Carnaval.

Edson Pereira perguntou: “Agora eu quero saber de vocês… que tipo de enredo gostariam de ver na Vila no Carnaval de 2020? Uma Vila Africana? Uma Vila Histórica? Uma Vila Surreal? Lembrando que sua opinião será muito importante na decisão do próximo Carnaval”

Desfile

Para chegar ao terceiro lugar em 2019, a Unidos de Vila Isabel levou para a Sapucaí o enredo Em nome do Pai, do Filho e dos Santos, a Vila canta a cidade de Pedro, em homenagem a Petrópolis. A azul e branco foi a segunda a desfilar e somou 269,4, três décimos a menos que a vice-campeã Unidos do Viradouro.

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

22 Comentários

  1. Gostaria de ver a África ou o grande comunicador Silvio Santos. Foi feito,mas muito.mal feito . Eu acho que está é a hora dele o grande comunicador e um grande desumano.Na mão do nosso carnavalesco Edson ficaria muito bom.

  2. A história da Marinha do Brasil, a força armada mais antiga do país, tendo em vista que deu certo falar de assuntos envolvendo a realeza brasileira e portuguesa, principalmente a Princesa Isabel.A história da MB a criaçao da Brigada das Guardas marinha por Dona Maria I, Criaçao do Corpo de Fuzileiros Navais(1808) por D.João VI, Revoltas do Período Regencial contidos pela MB, As Revoltas da Armada, Participacao do Brasil nas Grandes Guerras Mundiais, Participaçao em missoes de paz no Haiti, Líbano e Somália atuais. Apoio as populaçoes Ribeirinhas com os “Navios da Esperança”. O Papel do único Navio veleiro do Brasil, o Cisne Branco. As Tradiçoes Navais( hábitos e linguajar utilizados).

  3. A história da Marinha do Brasil, a força armada mais antiga do país, tendo em vista que deu certo falar de assuntos envolvendo a realeza brasileira e portuguesa, principalmente a Princesa Isabel.A história da MB com a criação da Brigada das Guardas marinha por Dona Maria I, Criação do Corpo de Fuzileiros Navais(1808) por D.João VI, A atuação da MB nas revoltas do período regencial, As Revoltas da Armada, Participação do Brasil nas Grandes Guerras Mundiais, Participação em missões de paz atuais no Haiti, Líbano e Somália. Apoio as populações Ribeirinhas com os “Navios da Esperança”. O Papel do único Navio veleiro do Brasil, o Cisne Branco. As Tradições Navais( hábitos e linguajar utilizados).
    Fazendo um paralelo entre a Coroa da Vila Isabel com a Coroa do Brasão da Marinha, além das cores: Azul e dourado tanto da escola quanto da Marinha.

  4. Eu tenho um pronto….com apoio.
    De uma pessoa que foi campeã..com o seu enredo em outra escola.
    Eu pertenço a velha guarda da escola.
    Inclusive fui integrante do enredo de 1971 da escola…. Ouro Mascavo.

  5. EU LUIZ AUGUSTO COMPOSITOR DA MOCIDADE INDEPENDENTE INDICO O ENREDO :
    ” O RIO ANTIGO ” UMA ALUSÃO À MUSICA DE AUTORIA DE CHICO ANISÍO É NONATO BUSAR

  6. Como historiador, gostaria de ver uma Vila de novo histórica na avenida,citando as políticas sociais desde a senzala; capacidade de sobra tem esse jovem carnavalesco, vamobora Edson Pereira,taí a minha dica.

  7. Vivemos em uma grande luta de classes. A Vila Isabel em 1988 trouxe a questão do negro como agente transformador da sociedade, através de seus vários personagens históricos de luta. Em 2020, uma nova década se abre. O Morro dos Macacos merece uma homenagem. Levar as necessidades dessa comunidade para a avenida seria uma boa. A truculência da polícia dentre outras.

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*