Annik Salmon: Tenho um carinho especial pela Porto da Pedra

Annik Salmon Tenho um carinho especial pela Porto da Pedra
Foto: Ana Victória / Divulgação.

Recém-contratada pela Unidos do Porto da Pedra, a carnavalesca Annik Salmon demonstrou todo seu carinho pela agremiação de São Gonçalo. Ela lembrou que iniciou no Carnaval, como estagiária, na escola e afirmou que tem muitas ideias para o desenvolvimento do enredo para 2020: O que é que a baiana tem? Do Bonfim à Sapucaí.

Annik recordou sua entrada na festa de Momo. “Eu já tenho um carinho especial pela Porto da Pedra, foi a primeira escola que me recebeu no carnaval ,em 2003 onde era estagiária ainda. Foi nela que tive os primeiros contatos com essa grande arte que tanto me encantava. E hoje retornar ao Porto da pedra como carnavalesca é uma felicidade enorme! Aí vc imagina a expectativa ?”

A carnavalesca revelou que o enredo está mexendo com sua cabeça. “Ideias mil transbordando da ‘caixola’ em relação ao enredo que já havia. Adorei de cara pelo tema ter tudo haver comigo. Sempre tive um carinho especial pelas alas das baianas, buscando sempre criar fantasias ousadas e leves pra elas e pelo enredo ser também sobre mulher guerreira! Enfim, estou com todo gás pra fazer o melhor possível! Podem aguardar um escola linda plasticamente!”

Formação

Formada em Artes Cênicas e em Educação Artística com Formação Pedagógica de Docentes, Annik Salmon Iniciou sua carreira em 2003 como assistente e figurinista de Alexandre Louzada, na Unidos do Porto da Pedra, Unidos de Vila Isabel e Beija-Flor de Nilópolis até 2008. Em 2007 assinou seu primeiro desfile, fazendo parte da Comissão de Carnaval da Acadêmicos do Cubango.

Na Vila Isabel, em 2009, conheceu Paulo Barros, que a levou para Unidos da Tijuca. Atuando como braço direito do carnavalesco, Annik Salmon participou diretamente da conquista de três campeonatos para a azul e amarelo do Morro do Borel.

Comissão

Com a saída de Paulo Barros, em 2014, a nova carnavalesca da Porto da Pedra preferiu continuar na Unidos da Tijuca, onde fez parte da Comissão de Carnaval da agremiação nos últimos cinco anos.

Confiante no talento de Annik Salmon, o presidente da Unidos do Porto da Pedra, Fábio Montibelo, acredita que, a escola tenha condições de brigar pelo título da Série A. “Sempre ouvi falar muito bem da Annik. A Porto da Pedra vem nos últimos anos, brigando para retornar ao Grupo Especial, e é a hora da Annik mostrar o trabalho dela, que sempre foi bem feito na Unidos da tijuca, e agora, assinar o Carnaval da Porto da Pedra e fazer um grande desfile. É isso que esperamos, a gente sabe da capacidade dela, e acreditamos em seu talento. Ela está com muito gás, e nós iremos ajudá-la nessa caminhada. Nós esperamos dela um bom trabalho e que possamos brigar por esse título.”

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*